A Centelha


Como não quero dar má sorte, temendo que o Príncipe William de Inglaterra por cá passe os olhos, não publico o vestido de noiva de logo, mas o velho conhecido que nele funcionou como faísca desse amor que se espera. Pelo que acrescento, aqui na vez de Laureen Bacall, uma arrastada versão daquela «So In Love» por Cole Porter inserida em «Kiss Me Kate», o que me parece apropriadíssimo.
E agora, com licença, vou a um casamento!

5 comentários:

  1. Querido Paulo, tem razão, o velho conhecido vestido é de fazer virar a cabeça a quaquer principe mais distraído...:))), quem diria que a futura princesa iria optar futuramente por um guarda roupa tão conservador...:)))!!! Adiante!:)))
    O video é belissimo, mas penso não me enganar se lhe disser que só as imagens são da Laureen Bacal, a voz é dessa portentosa K.D. Lang que dá corpoto à bela canção de Colo Porter.
    Bom casamento!!!:)))
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Toda a razão, Querida Ariel, já emendei a vogal.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Aahaha, boa e merecida!!!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Nunca pensei que ela conseguisse tanto entusiasmo depois da tristeza da Diana
    Rudolfo Moreira

    ResponderEliminar
  5. Querida Ariel,
    ehehehehe, sim, a Slim era uma verdadeira Princesa, embora não creditada sob todos os critérios.

    Ela não tem a belexa magnética - maugrado a timidez - da Lady Di, Meu Caro Rudolfo, mas a elegância soft funcionou muito bem, especialmente nos acenos da carruagem e na vénia perfeitinha à Soberana.
    Além de que tinha a vantagem de ter um rapaz simpático ao lado, enquanto a Falecida tinha de lutar para concitar simpatias por dois, considerando que tinha ao pé de Si o corrente Príncipe de Gales.

    Beijinho e abraço

    ResponderEliminar