Adeus, até ao nosso regresso...


Há muito que as voltas da vida impedem os "jovens" de fazer o seu almoço regularmente. Tal tem-se reflectido no blog e quem fica a perder são os leitores. Por isso decidimos suspendê-lo, mantendo no entanto todas as publicações passadas.

Não se trata de uma simples despedida. É antes um fim que anuncia um princípio. Quando? Onde? O futuro é naturalmente desconhecido. Mas fica a promessa de um regresso... Numa manhã de nevoeiro.

18 comentários:

  1. Até breve, espero que não desistam de escrever.

    abraço
    João Amorim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-haja pelas suas palavras de incentivo, João Amorim.
      Por mim, continuarei sempre a escrever no meu blogue pessoal. Convido-o a passar por lá.
      Abraço.

      Eliminar
  2. Este "adeus até ao nosso (vosso) regresso", não está nada condicente com a elevação dos escritos que aqui vão (íam) deixando os seus digníssimos autores. Com todo o respeito, é minha opinião que esta V/ atitude não se coaduna com o recto carácter de quem a subscreve. Então e os V/ fiéis leitores não merecem uma pitada de respeito, não contam para nada? Eles, que nada exigem, atendo-se sòmente, sempre com prazer renovado, a acompanhar os V/ estados de alma? Se sim, que me perdoem mas reflectem alguma ingratidão da V/ parte para com eles.
    Um fim destes é triste e é muita pena. Os melhores diários (como correctamente João Marchante os apelidou) blogosféricos têm ido desaparecendo a pouco e pouco. Este será mais um. Que reconsiderem, é o mínimo que se vos pede. Pronto, está tudo dito:)
    Maria

    p.s.: Como é óbvio refiro-me em particular a João Marchante, autor das breves, mas nem por isso menos inteligentes, oportunas, originais e únicas reflexões. E a Marcos Pinho de Escobar cujos magníficos textos e transcrições são absolutamente imperdíveis. Só cito estes dois autores, porque são aqueles cujos escritos melhor conheço e muito aprecio. (Sem esquecer o Paulo, que já não está aqui).
    Sim, eu sei que o E.S.do F. continua activo e ainda bem, mas este não permite comentários, destarte perdendo-se pelo menos em parte a interactividade que na minha humilde opinião enriquece bastante estes espaços, tanto para quem escreve como e provàvelmente mais, para quem lê.

    ResponderEliminar
  3. Caro João Amorim:
    Muito obrigado pela mensagem de incentivo. Todos (quase) aqui continuam a escrever alguma coisa em algum lugar. Abraço amigo!

    Cara Maria:
    Obrigado pela palavras amáveis e por ter sido (e ainda ser) nossa leitora. De facto, quando reparo que algum "bloguista" que aprecio "fecha a loja", sinto-me um tanto defraudado. Mas existem outras formas de intervenção e tenho a certeza de que a Maria vai continuar a ler o que estes "jovens" têm ou terão a dizer.
    Abraço amigo!

    ResponderEliminar
  4. Que azar! Apenas cheguei e já me despeço? Olá e adeus, amigos improváveis! Nos quinze minutos que passei por aqui, li somente o Bruno, mas o meu "vale" se estende a todos os Jovens. Vale!

    Romano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Romano, não se despeça já, se vem à procura de leitura, faço-lhe notar que, além dos 27 'posts' do Bruno (que já leu), pode ainda ler 155 do Duarte, 6 do Humberto, 4 do Lourenço, 109 do Marcos, 69 do Miguel, 513 do Paulo e 131 meus. Boas leituras!

      Eliminar
    2. Prezado João,

      Notei que me precipitava ao despedir-me. Embora a casa esteja vazia de gente, há muito que olhar e ver e aprender no que ficou. E os moradores continuam a habitar outras moradas onde eu os posso visitar, como manifestou o próprio Bruno logo abaixo e como pude eu mesmo constatar nos liames logo ao lado. O meu desejo é aprender sobre Portugal, "alma mater" da terra onde nasci e vivo, a da Santa Cruz. Saudações!

      Romano

      Eliminar
    3. Estimado Romano:
      Agradeço as suas simpáticas e encorajadoras palavras.
      Tentaremos continuar pois, nós outros, os «Jovens», cada um à sua maneira e na sua casa própria, a levar a causa da Cultura Lusíada a todo o Mundo.
      É uma honra e um prazer saber que o teremos como leitor, a partir dessa abençoada e bela terra da Santa Cruz.
      Saudações Lusíadas!

      Eliminar
  5. Aproveito para divulgar o meu blogue: biblioteca-blogue.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Caros Amigos,
    Quero felicitá-los e agradecer-lhes, como beneficiário, a generosidade e excelência com que alimentaram este blogue -- verdadeiro serviço público gratuito. Bem- hajam!
    F. C. Moncada

    ResponderEliminar
  7. Caro Amigo Francisco Cabral de Moncada:
    Ter-te tido como leitor assíduo e convidado habitual nos nossos almoços foi uma grande honra e um enorme prazer para todos nós.
    Recebe um Forte Abraço!

    ResponderEliminar
  8. Quer dizer que terá de ser aqui que iremos dar os parabéns ao excelente E.S.do F., no próximo Janeiro... Pelos vistos continua a não haver outro remédio:)
    Maria

    ResponderEliminar
  9. Então agora também vai acabar o seu brilhante E.S.do F.?!? Estamos mal. Por amor de Deus...

    ResponderEliminar
  10. Eis o meu novo blogue:
    «AFORISMOS E AFINS»
    http://aforismosdejoaomarchante.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fui lá mesmo agora, após, por mero acaso, ter passado no J.do R.

      Lá vem mais um espaço blogosférico que, atendendo à qualidade do seu prestigiado autor, será desnecessário realçar. Mas lá está (ninguém é perfeito:)) novamente sem caixa de comentários... Paciência, que havemos de fazer? Pois, contentarmo-nos com a visita diária a mais um espaço de excelência... e já vamos com muita sorte...
      Maria

      Eliminar
  11. «AFORISMOS E AFINIDADES»
    http://aforismosdejoaomarchante.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não consigo aceder ao seu novo espaço. Já tentei por diversas vezes e em diferentes dias e a resposta é sempre a mesma: permission denied. this blog is open to invited readers only... Tentei registar-me em: sign in with a different account... e nada! Quando há duas ou três semanas por aqui andei a ler inúmeros aforismos, consegui fazê-lo normalmente. É capaz de me dizer qual é agora o problema (se é que efectivamente ele existe ou se pelo contrário é mesmo assim que quer que as coisas se passem)? Antecipadamente agradecida.

      Maria

      Eliminar
  12. Atendendo ao facto do contador desta nossa saudosa casa colectiva indicar que, mesmo após a suspensão das publicações, continuam a passar por aqui milhares de visitantes, aproveito para divulgar o meu, recentemente reactivado, eterno blogue pessoal:
    Eternas Saudades do Futuro - http://do-futuro.blogspot.pt/

    ResponderEliminar